5 ações para a sua superação

jul 6, 2021  |  por Gustavo Borges

Ações para a sua superação. O que eu quero dizer com isso? Por mais óbvio que pareça ser, quais são as principais coisas que temos de ter em mente quando pensamos em nos superar?

Isso, claro, varia. De pessoa para pessoa, de circunstância para circunstância. Mas algumas coisas, isso dá para dizer, são meio que “universais”.  São ações para a sua superação na vida profissional, na vida pessoal.

Eu nunca fiz nada meia-boca na vida. Não importa o que seja, sempre que eu me comprometo com alguma coisa, eu coloco 100% do que posso nisso.

E, dessa maneira, todas as vezes em que eu me superei, eu venci.

“Ah, mas você não ficou com a medalha de ouro em todas as provas que nadou”, você pode dizer.

É verdade. Mas, mesmo quando não cheguei em primeiro, se eu me superei, eu venci. Venci a mim mesmo. Melhorei meus tempos, bati recordes, consegui pódios, fiz boas provas.

Que seja. Superação é sinônimo de vitória, e você tem de colocar isso na cabeça e em prática em tudo. 

“Toda vez em que eu me superei, eu venci”

Gustavo Borges

Mas quais ações para a sua superação você precisa?

Na prática, como eu disse, isso varia de pessoa para pessoa, de circunstância para circunstância. E dizer isso não é “fazer média”, não é “ficar na vala comum”. Única e simplesmente porque as ações para a sua superação na hora de praticar um esporte ou liderar um time profissional, por exemplo, são distintas.

Mas, como eu também disse, algumas dessas ações para a sua superação podem ser universais. São conceitos que, quando colocamos no mindset, acabam se refletindo em uma coisa importantíssima: resultado.

Quais ações para a sua superação são essas, então? Dá só uma olhada a seguir.

1. Tenha coragem, apesar do medo

Às vezes, temos medo de tudo. Medo de ganhar, de perder, de dar certo, de dar errado, de conquistar, de fracassar, de barata, de cobra… Seja o que for, o medo paralisa. Com isso, perdemos a energia e ficamos divididos, porque titubeamos na hora H. Temos de agir, apesar do medo, e entender que ele faz parte do jogo, mas que podemos superá-lo com coragem.  

2. Trabalhe a sua energia e fuja da preguiça

Quando sentimos falta de energia, ficamos no “mais ou menos”. Aquela frase: “Pelo menos, eu tentei”. Isso tende a mostrar uma atitude meia-boca de que você até tentou fazer alguma coisa, mas, infelizmente, não deu. Fuja disso! Se não tem energia ou está com preguiça, crie pequenos hábitos para voltar à motivação. Coloque palavras-chave na sua frente, faça exercícios, tenha bem claro o foco do seu trabalho e do seu dia. Espante a preguiça de todas as formas. Com isso, ficamos no controle. Uma vez, uma amiga me disse que estava tão cansada e com falta de energia que precisou ligar para o disque-entulho para tirá-la da cama… Dei risada, mas entendi a mensagem. O disque-entulho pode ser a sua energia.  

3. Tenha um plano estruturado

Canso de ver planos que morrem na praia. Pessoas cheias de ideias e planos que não saem da cabeça e nunca entram em produção. Um projeto só se concretiza se as tarefas para atingi-lo forem concluídas. Ou seja, não adianta nada ter um sonho grande se não tiver uma execução adequada. Aqui, fica uma boa dica: se o seu plano não estiver escrito na sua agenda, com ações que te levem à direção do resultado, sinto informar, mas não vai funcionar. Dê uma olhada nas suas ações da semana que vem.

4. Consistência na execução

Esse também é muito importante. Se está na agenda, planejado, com hora para fazer, aí, sim, vamos para o próximo ponto: a consistência. Consistência é fazer com profundidade, firmeza e atenção aos detalhes. Tudo que é consistente tem começo, meio e fim. Com isso, todo o seu plano toma forma e você persiste para concluir com excelência.

5. Busque sempre a excelência 

Pergunte para uma criança se ela caprichou e fez a atividade que tinha de fazer de qualquer jeito. Ela vai ser honesta, provavelmente. Caso não tenha caprichado, ela voltará e melhorará o trabalho. Excelência é isso: capricho e atenção aos detalhes. Como mencionei acima, o trabalho com excelência é algo fundamental para, a cada dia, estarmos mais próximos do nosso objetivo. Na natação, a excelência é calculada em centésimos de segundo. A cada centésimo, estamos mais perto do índice, da medalha, do sorriso…

“Os grandes feitos são conseguidos não pela força, mas pela perseverança”
Samuel Johnson

E as ações para a superação de quem quer ser bom em algo?

Quer ser bom em algo? Entre muitas coisas que você tem de fazer, vou dizer uma essencial: seja consistente.

Se você fizer aquilo todos os dias, com excelência, vai ficar bom. Ou seja, se você perseverar, vai aumentar consideravelmente a chance de chegar lá.

“Mas eu sou forte e, em uma pancada só, eu consigo o que quero”, alguém diz.

Hum, olha lá, hem… Nem sempre é assim. Por outro lado, se você cavar todo dia um pouquinho, uma hora vai chegar onde precisa.

Tenha um plano. Prepare-se. E esteja pronto para executar. Dia após dia, vai dar certo. E coloque, definitivamente, essas oito palavras no seu dia a dia.

  1. Coragem.
  2. Persistência.
  3. Perseverança.
  4. Treino.
  5. Correção.
  6. Repetição.
  7. Experiência.
  8. Superação.

Você também pensa assim? Conta para mim.

Prepara… Vai!

Leia também:

6 razões para não fazer algo bem-feito e não ter sucesso

Foco: sempre direcione sua atenção para onde ela precisa ir

Confiança: 6 ações para desenvolver a sua

  • Copyright © 2019

  •    •